Como a pirataria afeta o mercado

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram

Um dos principais problemas do universo da Tecnologia da Informação é a pirataria de softwares. Ela ocorre quando um programa de computador é reproduzido ou comercializado sem que haja licença para tal.

Este tema é polêmico, pois incorre na violação da propriedade intelectual e nos Direitos Autorais do responsável pelo desenvolvimento do software. Criar um programa de computador demanda tempo e expertise de um profissional, movimenta a economia – no caso de TI, bilhões de dólares todos os anos – e gera empregos.

De acordo com o site da Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES), quando um usuário adquire a licença de uso de um programa, ele tem apenas a permissão para utilizá-lo. Isso não quer dizer que ele se torna dono do software, mas que é uma das milhões de pessoas que receberam a mesma autorização. Este usuário não pode reproduzir nem explorar comercialmente um produto que não é dele.

Segundo a ABES, a pirataria corporativa ocorre dentro das empresas, que adquirem softwares piratas sem as devidas licenças de uso. Já a pirataria individual é caracterizada pelo compartilhamento de cópias não autorizadas de softwares. Este é um grande desafio das organizações fabricantes de softwares, pois, ainda que o usuário faça de maneira “caseira” e em pequena escala, ele contribui para disseminar a cultura da pirataria e acredita que nunca será descoberto, portanto, nunca terá que arcar com sua responsabilidade.

Existe outro tipo de pirataria que acontece no comércio: algumas lojas costumam vender e até fazer promoções de produtos (computador) que já vêm com o software instalado, uma maneira de oferecer um benefício, atrair o consumidor e vencer a concorrência. No entanto, nem sempre as transações envolvendo softwares são legalizadas. Isto pode ser percebido caso não conste o item software na Nota Fiscal da loja.

Sempre que o consumidor ficar em dúvida em relação à procedência do software que pretende comprar, alguns fatores básicos podem ser analisados, a fim de detectar alguma irregularidade. Softwares piratas geralmente são mais baratos, têm preços muito mais baixos do que os praticados no mercado; além disso, eles carecem de manuais, certificados e licenças, e têm um aspecto diferente do original.

Existe uma série de leis que regulamentam o uso e a comercialização de softwares, mas uma bastante representativa é a Lei 9.609, de 19 de fevereiro de 1998, que versa sobre a proteção da propriedade intelectual dos programas de computador e sua comercialização. O dispositivo prevê detenção de seis meses a dois anos e multa para pessoas que violam os direitos do autor do programa. A pena aumenta para um a quatro anos e multa quando a reprodução de softwares se dá para fins comerciais sem autorização.

 

Combate – Há que se criar uma cultura do respeito à propriedade intelectual, dos Direitos Autorais, da geração de empregos formais, do aumento dos investimentos na área de Tecnologia da Informação e da arrecadação justa por meio do combate à pirataria.

Além de infringir diversos direitos, quem propaga e usa tecnologias piratas contribui para que haja um atraso tecnológico no País – o que afasta investimentos e o desenvolvimento da área – e adquire problemas diretamente causados pelo software irregular: performance incorreta e incompleta, falta de suporte e garantia e as diversas consequências geradas pela contração de vírus.

 

A Associação Brasileira de Empresas de Software possui canais de denúncias de pirataria. Veja aqui: https://bit.ly/1Nj5ul6

 

Fontes:

www.abessoftware.com.br

www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9609.htm

 

Foto: Google

Veja Mais​

Power Virtual Agents

Crie uma cultura baseada em dados com inteligência de negócios para todos! Permita que todos em todos os níveis da sua organização tomem decisões seguras usando análises atualizadas e alcance resultados poderosos com base em seus dados.

Power Apps

Crie aplicativos de nível profissional de maneira fácil! Aumente a agilidade em sua organização criando rapidamente aplicativos de baixo código que modernizam processos e resolvem desafios difíceis. Inove rapidamente para resultados rápidos.

Power Automate

Cuide do que é importante e automatize o resto! Simplifique tarefas repetitivas e processos sem papel com o Power Automate, para que você possa concentrar sua atenção onde é mais necessário. Transforme desatualizado em automatizado.

Power BI

Crie uma cultura baseada em dados com inteligência de negócios para todos! Permita que todos em todos os níveis da sua organização tomem decisões seguras usando análises atualizadas e alcance resultados poderosos com base em seus dados.

Announce

New
arrival

2019 collection

Let’s face it, no look is really complete without the right finishes. Not to the best of standards, anyway (just tellin’ it like it is, babe). Upgrading your shoe game. Platforms, stilettos, wedges, mules, boots—stretch those legs next time you head out, then rock sliders, sneakers, and flats when it’s time to chill.