Alerta! Falhas graves foram descobertas em processadores!

Geneses IT

Somos feitos de gente + serviços + Tecnologia.

Compartilhar

A Microsoft liberou uma atualização de emergência que corrige falhas encontradas nos processadores Intel, AMD e ARM, conhecidas como Meltdown e Spectre. As vulnerabilidades de ambas as falhas são similares: elas permitem o roubo de informações sigilosas dos usuários.

Meltdown

A Meltdown atinge todos os computadores com os processadores citados acima e tem uma característica preocupante: com apenas uma linha de código simples em JavaScript rodando em qualquer site, é capaz de acessar os dados da memória da CPU e roubar informações delicadas, como senhas e dados bancários.

Mas calma! Não é necessário trocar o processador para garantir um nível de proteção aceitável. A Microsoft já disponibilizou uma correção para os navegadores Edge, Firefox e Internet Explorer, assim como para o Windows 10. Para o Windows, basta apenas fazer a atualização mais recente, conhecida como KB 4056892 (saiba mais).

Porém, a Google ainda não corrigiu a falha. Apenas a partir da versão 64, que só chegará em 23 de janeiro. Até lá, tome cuidado com as extensões usadas no seu browser e com os sites que você acessa.

Spectre

Considerada pior que a meltdown, a spectre atinge não somente os computadores, mas também todos os chips usados em smartphones e tablets, seja sistema Android, iPhones ou iPads.

Apesar de sua proliferação para os dispositivos móveis, a exposição de dados não é tão simples como acontece com o meltdown: não é apenas uma simples linha de código em JavaScript que vai te atingir.

O pior é que não há muito a se fazer no momento. As correções só serão feitas quando atualizações forem lançadas, seja Android ou Apple. Pelo menos, os usuários do Windows phone já estão seguros.

Até lá, vale ressaltar as recomendações de sempre, que já se tornaram até óbvias: cuidado com sites estranhos, links suspeitos, e-mails comprometidos e mantenha seu antivírus atualizado e ligado!

Fontes:

Comentar via Facebook

Comentário(s)