Cinco razões para evoluir para a hiperconvergência

Geneses IT

Somos feitos de gente + serviços + Tecnologia.

Compartilhar

Sua organização tem problemas de espaço físico no data center? Alto consumo de energia? Complexidade na gestão de hardware e software? E o mais relevante, altos custos operacionais?
Simplifique tanto o data center quanto seus processos de gerenciamento independentemente do porte da empresa com a infraestrutura hiperconvergente que reduz expressivamente os custos com data center e integra no mesmo hardware: servidor, armazenamento e os componentes de rede.

Das cinco razões para investir nesse conceito, a redução de até 30% do custo total de propriedade está entre as principais. Confira todas:
1 – Rápida Implementação
A hiperconvergência explora o conceito de plug and play, o que significa que a implementação é muito simples e rápida. Como toda a infraestrutura é bastante simplificada, com muitos softwares pré-instalados e pré-configurados, basicamente bastam algumas pequenas definições para começar a utilizá-la. Todo o processo pode ser feito sem a necessidade de se prender aos conceitos legados, o que torna o projeto mais barato.

2- Expansão linear
Não há espaço para capacidade ociosa. Com o volume de dados crescente no mercado e dentro da organização é necessário considerar opções de virtualização e otimização, certo? Diante disso, uma importante vantagem é permitir a adição granular e sem traumas de recursos extras de armazenamento e computação, criando o conceito de building blocks, em que vai crescendo pouco a pouco, somente quando necessita, sem a necessidade de criar “estoque” de recursos.

3 – Gestão simplificada
Simplificar o gerenciamento da infraestrutura de TI e gerar mais velocidade e eficiência nos processos é um desafio e tanto. Como a estrutura da hiperconvergência possui um sistema integrado, com políticas pre-definidas (pelo sistema), fica mais fácil gerenciar e monitorar os recursos, praticamente sem intervenção manual.

4 – Diminuição de custos
Não há a precisão de se investir em uma equipe especializada em conhecimentos de armazenamento, servidores, virtualização e redes. Como tudo isso já faz parte da hiperconvergência, é possível diminuir custos de investimento (Capex) e de operação (Opex), diminuindo também o TCO (total cost of onwnerwhip, ou custo de se ter uma solução).

5 – Performance
A hiperconvergência possibilita entregar mais desempenho com menos hardware. Por ser uma tecnologia que utiliza o que há de mais moderno em termos de armazenamento, além de outros componentes de última geração, tem uma camada de software voltada para ofertar recursos com a máxima simplicidade e eficiência, sempre em prol da agilidade.
A questão agora não é se sua empresa precisa ou não ir para a hiperconvergência. É só uma questão de definir o quando.

Fonte: http://computerworld.com.br/hiperconvergencia-este-e-o-momento-de-investir

Comentar via Facebook

Comentário(s)